Textos

Poema

mesmo a coisa finda
carrega em si semente escondida
larga
iluminada
generosa

mesmo a alma frouxa
carrega em si fiapos de luz
caminhos de alimento e graça
destroços e
construções

o que está por vir
mesmo pleno de vazios
é pulso de vida
estrada e horizonte

viagem

Marô Barbieri
12/09/2012

 

 

 

capa | biografia | currículo | livros | projetos | oficinas | agenda | textos | fotos
loja virtual | facebook | blog | notícias | mural | contato











site desenvolvido por
wwsites - sites para escritores